portugues
home Os livros actividades  eventos contactos
Mariana, O Urso-Pardo Sábio dos Saltimbancos
E é, precisamente, através da ação do multifacetado e sábio urso Mariana que a realidade desta espécie no nosso país será modificada para sempre. Fugido aos saltimbancos numa época em que já não existiam plantígrados em liberdade nos bosques e nas serras portuguesas, aproveita aquele o período de hibernação passado na Lorga de Dine, situada no Parque Natural de Montesinho, para planear o estratagema de como atrair exemplares de urso das populações da Cordilheira Cantábrica, em Espanha, a fim de repovoarem a Terra Fria transmontana. Recorrendo, sucessivamente, à capacidade de transmutação do seu espírito – porque o Mariana faleceu durante o estado de letargia na caverna –, o velho urso foi adquirindo várias formas ao longo da novela. Além de assumir o seu aspeto de macho jovem para seduzir a Baira, que vai ser a primeira fêmea de urso reintroduzida em território português, fez-se ainda passar por ela, quando a ursa sucumbiu, para proteger os filhos dela e do Arthur do bicho-homem. Apesar de o Mariana apenas assistir ao seu triunfo, que passava pela estabilização de uma população de ursos em Montesinho, a partir da constelação da Ursa Maior, no Céu, foi com alegria que pôde contemplar a continuidade do seu legado: o Oso galgara a fronteira para cortejar, com sucesso, a Violeta, que já nascera em solo pátrio.
voltar
 
autor
paypal facebook